Acupuntura/Electroacupunctura

acp

Espaço Fuji – Terapias Japonesas – Electroacupunctura RYODORAKU

O Ryodoraku é uma terapia japonesa e um método de diagnóstico que tem por base a acupunctura clássica e foi desenvolvido na década de 40 do século passado. Desenvolveu-se numa teoria baseada na electro  estimulação dos pontos meridianos sub-cutâneos com notáveis resultados clínicos no alívio da dor, na recuperação de  tecidos musculares e no efeito anestésico.

Com a técnica terapêutica de electro-acupunctura sem agulhas aplicada no Espaço FUJI é possível recuperar de lesões e sobretudo melhorar em situações de inflamação e de dor aguda ao fim de alguns tratamentos (sessões).

O tratamento não medicamentoso efectuado no “Espaço FUJI” é exclusivamente no sistema músculo-esquelético recorrendo à laserterapia, moxabustão, magnetoterapia e electroestimulação sem agulhas como por exemplo:

Na recuperação de:
- lesões musculares (rotura parcial dos músculos)
- roturas parciais dos tendões (tendinite, fascite plantar, tendão de Aquiles ou esporão)
- inflamações articulares (articulação do joelho, do ombro ou do cotovelo)
- inflamação do nervo ciático
- estados inflamatórios provocados por artroses e discopatias
No alívio da dor:
- na sintomatologia ou estados dolorosos e inflamatórios  na coluna (casos de hérnia, protusão discal, discartrose, lombalgia ou ainda de bursite ou reumático)

 

- Este tipo de tratamentos com electroacupunctura, laserterapia e electro-magnetismo não tem quase nenhumas contra-indicações e é bem tolerado por todos, sendo excepções e contra-indicado:

  •  em pacientes com cirurgias recentes na zona de tratamento
  •  pacientes com fracturas recentes do pé, braço ou costelas por exemplo
  •  pacientes com uso de “pace-maker”
  • desaconselhável em pacientes com menos de 6 anos de idade
fuji2

MT&C-Medicinas Tradicionais e Complementares
*acupunctura sem agulhas * indolor * sem químicos 

exercida por terapeutas ex-assistentes do japonês Mestre Kobayashi